Marcos António da Fonseca Portugal [Marco Portogallo]

Marcos Portugal Lisboa, 24 de Março de 1762 – Rio de Janeiro, 17 de Fevereiro de 1830. Organista, maestro e prolífico compositor luso-brasileiro (mais de 70 obras dramáticas, incluindo cerca de 40 óperas, e mais de 140 obras religiosas), conheceu um sucesso internacional sem paralelo na história da música portuguesa, com centenas de representações operáticas na Europa. Em Portugal e no Brasil, no entanto, a sua fama de compositor alicerçou-se primordialmente no género sacro, com algumas das suas obras mantendo-se no repertório das igrejas e capelas até inícios do século XX. | Ler mais...


11 Jan 2013
Livro:
A obra religiosa de Marcos António Portugal (1762-1830): catálogo temático, crítica de fontes e de texto, proposta de cronologia

Capa do livro de António Jorge Marques
Ano: 2012
Desc. Física: 1052 p. + 1 disco óptico (CD-Rom); 28 cm
ISBN: 9789725654729
Edição: Biblioteca Nacional de Portugal / CESEM

Poderá comprar o livro ou obter mais informações no site da Biblioteca Nacional.

5 Nov 2012
Exposição:
Marcos Portugal (1762-1830): 250 anos do nascimento

Cartaz da Exposição sobre Marcos Portugal Biblioteca Nacional de Portugal · Sala de Exposições
De 25 de Outubro de 2012 a 31 de Janeiro de 2013

Horário:
2.ª a 6.ª feira: 13h00–19h00 / Sábado: 10h00–17h00
Entrada Livre

Mais informações no site da Biblioteca Nacional.

Disponível para venda: partitura da “Missa Grande”
5 Ago 2010

Capa da partitura A Missa Grande (c.1782-1790) de Marcos Portugal (1762-1830) é uma das obras mais paradigmáticas do século XIX em Portugal. Foi provavelmente encomendada pela Rainha D. Maria I, e manteve-se no repertório das igrejas portuguesas até inícios do século XX. Originalmente destinada para vozes e orquestra, viria a ser adaptada pelo compositor para baixo contínuo, tornando-a assim acessível a muitas capelas do reino. É justamente esta última versão que foi agora editada (e recentemente gravada), encontrando-se disponível para venda.
Mais informações...